Tenda

Hip Hop, singularidades e máquinas de guerra

por Roger Aníbal Lambert da Silva[1]   Introdução   Gilles Deleuze e Félix Guattari afirmam, em Mil Platôs, que “as fugas e os movimentos moleculares não seriam nada se não repassassem pelas organizações molares e não remanejassem seus segmentos”.[2] Percebe-se, […]

Um Brasil que deve ser e um Brasil que se devora

Por Gabriela Serfaty, versão escrita da fala apresentada à Casa de Rui Barbosa, no seminário “Antropofagia e multidão – Tatu or not tatu”, em 6 de setembro de 2012. —–   “Viver é pertencer a outrem. Morrer é pertencer a […]

Desmedida do capital, catástrofe do desejo?

por Hugo Albuquerque — Alguns antropólogos estão para o desejo como os psicanalistas estão para os índios. Ou pelo menos é isso que eu sinto quando me deparo com análises como esta de Eduardo Viveiros de Castro, sem o perdão […]

Uma democracia à procura de radicalidade

UMA DEMOCRACIA À PROCURA DE RADICALIDADE1 Por Sandro Mezzadra2 1. Intervindo no debate aberto neste verão por Jürgen Habermas, sobre a crise européia (“Il Manifesto”, 20 de setembro), Étienne Balibar repetiu uma tese formulada já há alguns anos: a ideia […]

As duas faces do Apocalipse

As duas faces do Apocalipse: uma carta de Copenhaguei por Michael Hardtii   RESUMO: A partir da participação nos protestos à margem da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, este artigo se propõe a analisar as diferenças entre as […]

Alucinações produtivas. Produção cultural na Zona Portuária?

por Cristina Ribas Como parte das ações que implementam o projeto de sucesso “Porto Maravilha” na região portuária do Rio de Janeiro, a produção cultural vem sendo invocada. Dizer “região” ou Zona Portuária pouco qualifica esse terreno/território e, para colaborar […]

“Misturar-se de uma vez para sempre”: o processo antropofágico

Versão escrita da fala de Murilo Duarte Costa Corrêa ao seminário “A ascensão selvagem da classe sem nome: tatu or not tatu”, na Casa de Rui Barbosa, em 6 de setembro de 2012. —— “[…] pensamento selvagem não é (…) […]

Loucura e prudência

Versão escrita da fala apresentada à Casa de Rui Barbosa, seminário “A ascensão selvagem da classe sem nome – tatu or not tatu”, em 6 de setembro de 2012. Por Sindia Bugiarda, OcupaNise e pesquisadora —- Estou indo longe demais. […]

Antropofagia da multidão

Versão escrita da fala à Casa Rui Barbosa, seminário “A ascensão selvagem da classe sem nome: tatu or not tatu”, em 6 de setembro de 2012. por Bruno Cava, blogueiro. —– A antropofagia apela para um povo. Um povo que […]

A ascensão selvagem da classe sem nome

Por Hugo Albuquerque, Universidade Nômade e O Descurvo Palestra na Casa de Rui Barbosa, 6 de setembro de 2012. Uma classe sem nome ascende, de modo selvagem, deixando o debate político brasileiro em chamas. E dizemos que ela é sem […]

Página 62 de 67« Primeira...6061626364...Última »